Publicidade

Estado de Minas YANGON

Líder birmanesa deposta Aung San Suu Kyi é indiciada por corrupção


10/06/2021 01:09 - atualizado 10/06/2021 01:13

A ex-líder birmanesa Aung San Suu Kyi, deposta por um golpe militar, foi indiciada por corrupção, informou o jornal oficial The Global New Light de Mianmar nesta quinta-feira (10).

A ex-chefe do governo civil é acusada de ter recebido "600.000 dólares e vários quilos de ouro" em subornos e de ter usado alguns terrenos de forma abusiva.

Suu Kyi também responde a outras seis acusações, que vão desde posse ilegal de rádios comunicadores até violação de uma lei de segredos de estado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade