Publicidade

Estado de Minas MOSCOU

Justiça russa qualifica como 'extremistas' organizações políticas de Navalny


09/06/2021 17:50 - atualizado 09/06/2021 17:55

A justiça russa qualificou nesta quarta-feira (9) como extremistas as organizações do opositor Alexey Navalny, uma medida que permite sua liquidação e aumentar a repressão aos partidários do opositor detido antes das eleições de setembro.

"Fica demonstrado que estas organizações não só difundiam voluntariamente informações que incitavam ao ódio e à hostilidade contra os representantes do poder, mas que além disso cometiam crimes e delitos extremistas", declarou aos jornalistas um representante da Promotoria, Elexey Jafiarov, após a decisão judicial.

A sentença tem como objetivo sobretudo o Fundo de luta contra a Corrupção (FBK), organização que apresentou pesquisas espetaculares sobre o estilo de vida e a corrupção na elite russa.

Além disso, tem como alvo os escritórios regionais de Navalny, que convocam manifestações e organizam campanhas eleitorais.

A audiência judicial durou mais de 12 horas, segundo os advogados da equipe Komanda 29, que defendia em particular o FBK e que anunciou que vai apelar.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade