Publicidade

Estado de Minas MOSCOU

Putin inaugura unidade de tratamento de gás perto da China


09/06/2021 13:34

O presidente Vladimir Putin inaugurou nesta quarta-feira (9) uma enorme unidade de processamento de gás do grupo Gazprom no Extremo Oriente russo, cuja produção estará destinada à China.

"Comecem!", disse o presidente russo em uma vídeoconferência ao diretor da Gazprom, Alexéi Miller, ao lançar a primeira linha de produção da Amur Gas Processing Plant (GPP), que seria uma das maiores do mundo de seu tipo.

O valor deste projeto é 11,4 bilhões de euros (cerca de 13,9 bilhões de dólares), de acordo com Putin, que afirmou que a unidade ocupa 900 hectares e que a última fase de seu lançamento será em 2024-2025.

Esta unidade é uma ramificação do gasoduto Power of Siberia, que fornecerá gás para ela. Finalmente, quando funcionar a 100%, 42 bilhões de m3 de gás serão tratados por ano para transformá-los em hélio, etano, propano e butano, entre outros combustíveis.

Esses produtos terão a China como destino, mas também uma fábrica que o grupo petroquímico Sibur está construindo nas redondezas, que transformará esses gases em polímeros, grânulos usados na fabricação de produtos plásticos, também para fornecer ao país vizinho.

O presidente acrescentou que na construção do complexo participaram no total mais de 35.000 pessoas: "são pessoas e empresas da Rússia, Turquia, China, Índia, Itália, Alemanha, Croácia, Sérvia, Cazaquistão, Uzbequistão e Quirguistão".

GAZPROM


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade