Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

No Peru, Keiko Fujimori tem vantagem marginal com quase 90% das urnas apuradas


07/06/2021 08:28

A ex-deputada de direita Keiko Fujimori aparece com vantagem marginal em relação ao sindicalista de esquerda Pedro Castillo, com 88,7% das urnas contabilizadas no segundo turno das eleições presidenciais no Peru. Keiko Fujimori, que é filha do ex-ditador Alberto Fujimori, aparece com 50,45% dos votos, ligeiramente à frente do rival, que tem 49,64%. De acordo com o órgão eleitoral peruano, por volta das 8h desta segunda-feira (de Brasília), a diferença entre os dois era de pouco mais de 114 mil votos.

Pesquisas de boca de urna apontaram para uma disputa acirrada. O Ipsos projetou Castillo com 50,2% dos votos, ante 49,8% de Fujimori. "O empate continua e eles estão dentro da margem de erro", disse o diretor do instituto, Alfredo Torres.

O vencedor do pleito cumprirá um mandato de cinco anos, a partir do dia 28 de julho, e terá o desafio de tirar o Peru da crise econômica e governar em uma sociedade polarizada. Ambos os candidatos prometem vacinar toda a população contra o novo coronavírus e são conservadores nas questões sociais. Eles se opõem ao aborto e ao casamento entre pessoas do mesmo sexo. O campo de batalha entre os dois postulantes está no modelo econômico. (Com informações da Associated Press).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade