Publicidade

Estado de Minas NOVA YORK

Pompidou abrirá centro de exposições nos arredores de Nova York


04/06/2021 09:25

O Centro Pompidou chegou a um acordo com a cidade de Jersey City, nos arredores de Nova York, para inaugurar um centro de exposições em 2024, anunciaram nesta sexta-feira(4) autoridades locais e o museu parisiense.

Será a quinta grande colaboração do Centro Pompidou e a primeira nas Américas. Os outros centros artísticos estão em Metz, Málaga, Xangai e Bruxelas.

Localizada na margem oeste do rio Hudson, em frente a Manhattan, Jersey City é uma antiga cidade industrial em plena transformação - e gentrificação - desde os anos 1980.

O acordo nasceu após uma reunião com líderes locais apoiada pelo escritório de arquitetura OMA, disse Serge Lasvignes, presidente do Centro Pompidou, à AFP.

"Não fizemos licitações para uma instalação nos Estados Unidos", explicou Lasvignes. "Honestamente, para nós, é muito mais interessante trabalhar com Jersey City, que é um lugar um pouco intocado desse ponto de vista, do que ir para um lugar onde há oferta considerável", como Nova York.

A metrópole americana já conta com dois grandes museus de arte contemporânea, o MoMA e o Whitney, além do Metropolitan Museum e do Guggenheim.

Nos últimos anos, Jersey City atraiu um número crescente de artistas, devido aos preços exorbitantes dos aluguéis em Nova York.

"O continente americano era para nós um alvo de óbvio interesse", disse Lasvignes. "Na área de arte contemporânea, os Estados Unidos são cruciais" e também "estamos completamente imersos na cultura americana", disse ele.

Como nos acordos anteriores, Jersey City será responsável pela criação do centro, sua operação e custos associados.

A cidade planeja hospedar o novo espaço no edifício Pathside, uma antiga estação de bonde de cerca de 5.400 m2, construída em 1912.

O Centro Pompidou, que fornece suas coleções de engenharia, sua marca e coleções de arte, espera obter uma compensação financeira em troca, disse Lasvignes.

O local "está destinado a se tornar uma das maiores atrações culturais da América do Norte", disse o governador de Nova Jersey, Phil Murphy, em um comunicado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade