Publicidade

Estado de Minas ATENAS

Atenas e Ancara optam pelo apaziguamento após confronto diplomático


31/05/2021 12:08

Os ministros das Relações Exteriores da Turquia e Grécia decidiram, nesta segunda-feira (31) em Atenas, que seus respectivos presidentes se reunirão em junho, uma demonstração de apaziguamento de suas disputas após um confronto diplomático em abril em Ancara.

O primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, se encontrará com o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, na cúpula da Otan em 14 de junho em Bruxelas, anunciou o chanceler grego, Nikos Dendias, após uma reunião com seu par turco, Mevlut Cavusoglu.

Seus encontros buscam "normalizar progressivamente" suas relações, afirmou Dendias, sem mais detalhes.

Cavusoglu, por sua vez, afirmou que a Turquia quer continuar conversando com a Grécia "sem condições prévias", segundo uma tradução oficial para o grego de suas declarações em turco.

Nenhum deles aceitou perguntas da imprensa.

Segundo analistas gregos, Erdogan seria favorável a conversar com o líder grego, já que o atual presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, é mais reservado com seu homólogo turco do que seu antecessor Donald Trump.

"A Turquia precisa contar com uma posição positiva" para a cúpula europeia do final de junho, quando serão abordadas as relações da Turquia com a União Europeia (UE), segundo Kostas Lavdas, professor de Assuntos Europeus na Universidade Panteion de Atenas.

Mitsotakis também recebeu Cavusoglu, que na véspera gerou uma polêmica com a Grécia ao chamar de "turca" a minoria muçulmana na região grega de Trácia Ocidental, a qual visitou.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade