Publicidade

Estado de Minas BAMAKO

Presidente e primeiro-ministro de transição renunciam no Mali


26/05/2021 12:10

O presidente e o primeiro-ministro de transição no Mali renunciaram depois de terem sido detidos na segunda-feira pelos militares, informaram um colaborador do homem forte no poder e um membro de uma missão internacional.

O presidente Bah Ndaw e seu primeiro-ministro, Moctar Uane, "renunciaram perante a arbitragem", ou seja, a missão de mediação internacional atualmente presente no Mali, afirmou Baba Cissé, conselheiro especial do coronel Assimi Goita.

"As negociações para sua libertação estão em andamento, assim como a formação de um novo governo", acrescentou.

Um membro da missão internacional confirmou, sob condição de anonimato a outro jornalista da AFP, que o presidente de transição renunciou.

Esta delegação foi transferida nesta quarta-feira de manhã para o campo militar de Kati, a cerca de 15 km de Bamako, para se reunir com os dois líderes que estão lá desde sua detenção.

O coronel Goita afirmou na terça-feira que os dois haviam renunciado, acusando-os de terem formado um novo governo sem consultá-lo, enquanto vice-presidente encarregado dos assuntos de segurança, um papel importante em um país agitado pela propagação do extremismo islâmico, e de todo tipo de violência.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade