Publicidade

Estado de Minas VILNIUS

Passageiros de avião desviado viram ativista bielorrusso 'em pânico'


23/05/2021 22:09

Passageiros do voo FR4978 da Ryanair narraram os momentos de ansiedade vividos pelo blogueiro opositor bielorrusso Roman Protasevich quando ele percebeu que o avião seria desviado para Minsk, onde foi preso.

"Entrou em pânico, dizia que o desvio era culpa dele", relatou à AFP a lituana Monika Simkiene, 40, depois que o avião pousou em Vilnius horas depois do previsto. "Ele se virou para as pessoas e disse que enfrentaria a pena de morte", acrescentou, assinalado que, quando Protasevich entendeu que seria detido depois que o avião pousasse, ficou mais calmo.

Outro passageiro, que se identificou apenas como Mantas, disse que Protasevich estava "nervoso no começo, mas, quando entendeu que não poderia mudar os fatos, acalmou-se e se conformou".

A primeira-ministra lituana, Ingrida Simonyte, foi até o aeroporto de Vilnius acompanhar o pouso do avião, assim como dezenas de apoiadores da oposição bielorrussa.

- Assustado -

Belarus forçou o pouso em Minsk do voo de Atenas a Vilnius e prendeu Protasevich, procurado por acusações relacionadas ao seu ativismo contra o presidente bielorrusso, Alexander Lukashenko. O ativista vive na Polônia, onde trabalhou como editor do Nexta, influente canal opositor de Belarus no aplicativo de mensagens Telegram.

Vários passageiros disseram que viram Protasevich, 26, abrir sua bagagem e passar algumas coisas para sua companheira quando ficou claro que o avião pousaria em Belarus. Edvinas Dimsa, 37, contou que ele "não estava gritando, mas era evidente que estava muito assustado. Parecia que, se a janela pudesse ser aberta, ele se jogaria."

RYANAIR HOLDINGS PLC


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade