Publicidade

Estado de Minas MOSCOU

Kremlin saúda 'sinais positivos' nas relações EUA-Rússia


20/05/2021 07:54

O governo russo celebrou, nesta quinta-feira (20), os "sinais positivos" nas relações entre Rússia e Estados Unidos, após o primeiro encontro entre os chefes da diplomacia de ambos os países e o abandono de sanções contra o gasoduto Nord Stream 2 por parte de Washington.

"Esta conversa é, inclusive, um sinal positivo", disse à imprensa o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, acrescentando que o ministro russo das Relações Exteriores, Serguei Lavrov, referiu-se a ela como "construtiva".

Peskov também apontou como um "sinal positivo" o fato de Washington decidir renunciar a impor sanções contra a principal empresa que participa da construção do Nord Stream 2 entre Alemanha e Rússia.

O encontro entre Lavrov e o secretário de Estado americano, Antony Blinken, aconteceu ontem (19), em Reykjavik, em paralelo à reunião do Conselho do Ártico. Foi a primeira entre ambos desde a chegada de Joe Biden à Casa Branca, em janeiro deste ano.

"É evidente que este processo não será fácil. Muitos problemas se acumularam", advertiu Peskov.

Mas, completou o porta-voz, estas negociações "contribuirão, certamente, para a análise atual em Moscou sobre o encontro entre os dois presidentes".

Esta cúpula entre Vladimir Putin e Joe Biden pode acontecer em junho, em um terceiro país, segundo Moscou e Washington. Até o momento, nem a data nem o local foram informados oficialmente.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade