Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Al Jazeera diz que ataque de Israel a escritório em Gaza é crime de guerra


15/05/2021 13:29

A Al Jazeera, emissora de televisão do Catar, declarou há pouco que vai tomar todas as medidas possíveis para responsabilizar o governo israelense por suas ações. A emissora considera que o ataque foi uma violação em flagrante dos direitos humanos e o classifica como um crime de guerra. A declaração vem após um bombardeio de Israel ter destruído o prédio que abrigava o escritório da emissora e de outros veículos de comunicação na Cidade de Gaza.

Em nota, a Al Jazeera afirma que condena "nos termos mais veementes o bombardeio e a destruição dos escritórios pelos militares israelenses e vê isso como um ato claro para impedir os jornalistas de cumprirem seu dever sagrado de informar o mundo e relatar os acontecimentos no local".

"O objetivo deste crime hediondo é silenciar a mídia e ocultar a carnificina incontável e o sofrimento do povo de Gaza. Jornalismo não é crime", disse.

No comunicado, o diretor-geral interino da Rede de Mídia fez um apelo à comunidade internacional para que se posicione e condene a ação direcionada aos jornalistas. E acrescentou um pedido aos meios de comunicação e instituições de direitos humanos para unir forças na denúncia dos bombardeios.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade