Publicidade

Estado de Minas NOVA YORK

Airbnb registra aumento de reservas de longa duração e receita acima do esperado no 1T


13/05/2021 19:52

A Airbnb informou nesta quinta-feira (13) que quase um quarto dos viajantes que usaram sua plataforma entre janeiro e março reservaram alojamento para 28 dias ou mais, uma tendência que se acelera com a pandemia.

Esta cifra é 14% mais alta do que em 2019, antes de a pandemia sacudir a economia mundial, informou a empresa ao publicar seus resultados trimestrais.

"Um número crescente de viajantes descobre que não precisa estar preso a um lugar único de vida e trabalho", destacou a Airbnb em carta a seus acionistas.

As estadias de sete dias ainda representaram metade das reservas do trimestre.

A plataforma obteve uma receita de 887 milhões de dólares, acima do esperado e 5% a mais do que no primeiro trimestre de 2020.

Mas sofreu perdas líquidas de 1,2 bilhão de dólares, que se deveram principalmente ao pagamento de empréstimos e a gastos por remunerações em ações.

"Pensamos que as mudanças observadas no setor de viagens são de longa duração", acrescentou a empresa. "O mundo não voltará mais à situação anterior" à pandemia "e isso quer dizer que a indústria de viagens tampouco o fará".

"Mas as viagens começam a ganhar força" e "esperamos a maior recuperação já vista", acrescentou a companhia, após o tombo sofrido pelo setor, afetado pela pandemia do coronavírus.

Airbnb


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade