Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

FMI alerta sobre 'profundas cicatrizes' da crise, com maior desigualdade


12/05/2021 21:54

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, afirmou nesta quarta-feira, 12, que o mundo corre os risco de ter "profundas cicatrizes" na recuperação da crise gerada pela pandemia de covid-19, tendo em vista perdas na educação, e o aumento da desigualdade, tanto para indivíduos quanto entre países. As declarações foram feitas na recepção de um prêmio entregue pela Universidade de Columbia.

"Uma recuperação em K pode levar a um mundo em K", alertou Georgieva. Segunda a dirigente, é preciso enfrentar a questão, oferecendo apoio aos mais afetados pela crise e buscando uma vacinação "para todos e em todos os lugares".

Georgieva concluiu se dizendo otimista, indicando que a crise mostrou mais claramente "nossa interdependência e a dependência da natureza".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade