Publicidade

Estado de Minas KANDAHAR

Milhares de afegãos fogem dos combates após a retirada das tropas americanas


04/05/2021 18:28

Milhares de afegãos fugiram de suas casas devido a violentos combates entre as forças do governo e o Talibã no sul do Afeganistão, após o início da retirada das últimas tropas americanas no país, informaram autoridades locais nesta terça-feira (4).

As forças afegãs interromperam vários ataques a vários postos de controle nas últimas 24 horas na província de Helmand, onde os militares americanos entregaram uma base às tropas do governo no domingo como parte do plano de retirada.

Cerca de 1.000 famílias deixaram suas casas para escapar dos combates que eclodiram em torno de Lashkar Gah, a capital de Helmand, e em outras partes da província, disse Sayed Mohammad Ramin, o diretor regional para refugiados.

Segundo Ramin, as famílias se refugiaram em Lashkar Gah e vêm de regiões onde os combates se intensificaram nos últimos dois dias.

"Muitos dos que não encontraram abrigo na cidade precisam urgentemente de ajuda", afirmou Ramin à AFP.

O Ministério da Defesa afegão afirmou que as forças do governo mataram mais de 100 combatentes do Talibã em Helmand nas últimas 24 horas, depois que os insurgentes atacaram vários postos de controle fora de Lashkar Gah.

Outros 22 combatentes da Al-Qaeda foram mortos no conflito, acrescentou o ministério. O Talibã afirmou que dezenas de soldados afegãos morreram. Ambos os lados tendem a exagerar os números de mortos de seus rivais.

Quase duas décadas depois que os Estados Unidos invadiram o Afeganistão e derrubaram o Talibã, após os ataques de 11 de setembro de 2001, o presidente Joe Biden ordenou a retirada total das tropas em abril.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade