Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

China atua de forma mais "repressiva e agressiva", afirma chefe da diplomacia americana


03/05/2021 06:03

Uma China cada vez mais poderosa está desafiando a ordem mundial, atuando de forma "mais repressiva e mais agressiva" à medida que exerce sua influência, afirmou o secretário de Estado americano Antony Blinken.

"O que observamos nos últimos anos é que a China está atuando de forma mais repressiva em seu país e mais agressiva no exterior. Isto é um fato", disse o chefe da diplomacia americana em uma entrevista ao programa "60 Minutes" do canal CBS.

Os comentários foram feitos depois que o presidente Joe Biden, em seu primeiro discurso no Congresso na semana passada, destacou que não busca um conflito com Pequim.

Biden recordou que afirmou ao presidente chinês, Xi Jinping, que na disputa para ser a potência dominante do século XXI, "damos as boas-vindas à concorrência" e disse que não estava procurando o conflito.

A tensão com a China aumentou consideravelmente nos últimos anos, pois o governo dos Estados Unidos questiona os movimentos militares de Pequim e aponta os problemas de direitos humanos, incluindo o que Washington considera um genocídio contra a minoria uigur.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade