Publicidade

Estado de Minas QUITO

Confronto entre detentos deixa ao menos três mortos em prisão do Equador


28/04/2021 15:55

Um confronto entre detentos de um presídio do Equador deixou ao menos três mortos e vários feridos, informou nesta quarta-feira (28) o ministro do Governo (Interior), Gabriel Martínez, um novo incidente após as trágicas revoltas registradas em fevereiro em quatro penitenciárias.

"Até o momento, o número que temos: três falecidos. Temos que, obviamente, terminar de confirmá-lo", disse o funcionário ao canal nacional TC Televisión.

Ele acrescentou que "há feridos que estão sendo atendidos" devido ao confronto entre os detentos em um dos presídios do porto de Guayaquil (sudoeste).

Esse centro foi uma das quatro principais penitenciárias do país que vivenciou revoltas violentas em fevereiro, com o saldo de 79 detentos mortos e vinte feridos, incluindo policiais.

Esses incidentes, os piores já registrados nos presídios do Equador, deixaram cenas assustadoras, como corpos decapitados, e revelaram o poder das máfias do tráfico de drogas nos presídios locais, que são lotados.

O Equador tem cerca de 60 presídios com capacidade para abrigar 29.000 pessoas, mas esse número foi superado em quase 30%.

Hoje há cerca de 38.000 detentos sob a custódia de cerca de 1.500 guardas. Especialistas afirmam que são necessários 4.000 guardas para exercer um controle efetivo dos presídios.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade