Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

EUA envia dois bombardeiros adicionais ao Golfo para proteger a retirada do Afeganistão


23/04/2021 19:39

O chefe do Pentágono, Lloyd Austin, despachou dois bombardeiros B-52 adicionais para o Golfo e expandiu a missão na região do porta-aviões USS Eisenhower para proteger a retirada das forças da coalizão internacional do Afeganistão, informou um porta-voz do Departamento de Defesa americano nesta sexta-feira (23).

O secretário de Defesa "aprovou algumas medidas adicionais hoje", disse John Kirby durante uma entrevista coletiva.

O USS Eisenhower ficará na região "por um tempo", enquanto os dois B-52 já "chegaram", acrescentou.

Bombardeiros pesados, chamados de "Stratofortress" e que podem transportar armas nucleares, geralmente ficam hangariados no Catar, onde os militares dos EUA têm uma grande base.

O porta-voz não descartou a possibilidade de enviar mais reforços para auxiliar na gigantesca operação logística de retirada de cerca de 2.500 soldados norte-americanos, além de mais de 16.000 civis contratados e seus equipamentos.

Além disso, existem cerca de 7.000 soldados da Otan que dependem fortemente dos militares dos EUA para o transporte de tropas e equipamento.

"É razoável supor que poderia haver medidas temporárias adicionais para proteger a força", acrescentou o porta-voz, observando que enquanto veículos blindados mais sofisticados serão evacuados por ar, outros serão entregues ao exército afegão.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade