Publicidade

Estado de Minas SANTIAGO

Pedre e noivos são presos em casamento que quebrou regras da quarentena no Chile


22/04/2021 21:26

Doze pessoas, entre eles o padre e os noivos, foram detidas nesta quinta-feira (22) após terem sido surpreendidas pela polícia durante a celebração de um casamento que quebrou as restrições sanitárias impostas em Santiago por causa da covid-19.

A cerimônia, celebrada em uma igreja do bairro de classe alta de Las Condes, no leste de Santiago, superou a capacidade permitida para este tipo de evento religioso durante a pandemia de cinco pessoas, razão pela qual todos os presentes foram detidos, inclusive o padre, informou a polícia.

"Pudemos corroborar que no interior havia 12 pessoas, entre as quais estavam o padre que celebrou o casamento, mais o acólito que o acompanhava, os noivos, os pais dos noivos, um fotógrafo e um pequeno coro", informou Allison Larrañaga, tenente-coronel da polícia, ao canal Chilevisión.

Em um comunicado, o Arcebispado de Santiago informou que tratou-se de um engano, provocado a partir da informação postada em sua página da internet, na qual não tinha sido atualizado o número de pessoas permitido na celebração de casamentos.

"Lamentamos a situação, pedimos desculpas e renovamos o nosso compromisso com o respeito e a promoção das medidas sanitárias durante a pandemia", destacou a nota.

Nos últimos tempos têm sido feitas denúncias constantes à polícia de casamentos, festas e reuniões, apesar de grande parte do Chile estar sob uma estrita quarentena há três semanas devido ao aumento no número de casos do coronavírus.

A covid-19 provocou mais de um milhão de contágios e 25.000 mortes no Chile desde 3 de março de 2020, quando foi confirmado o primeiro caso no país.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade