Publicidade

Estado de Minas MINNEAPOLIS

Derek Chauvin se recusa a testemunhar no julgamento pelo assassinato de George Floyd


15/04/2021 12:06

O ex-policial americano Derek Chauvin disse nesta quinta-feira (15) que não testemunhará em seu julgamento pela morte de George Floyd.

Chauvin disse ao juiz Peter Cahill que vai recorrer ao seu direito da Quinta Emenda contra a autoincriminação e que não vai testemunhar.

"Solicitarei meu privilégio da Quinta Emenda hoje", disse Chauvin.

O ex-policial de 45 anos enfrenta acusações de assassinato e homicídio culposo pela morte de Floyd em 25 de maio de 2020.

Chauvin, que é branco, apareceu em um vídeo que viralizou ajoelhado sobre o pescoço de George Floyd, um homem negro de 46 anos, por mais de nove minutos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade