Publicidade

Estado de Minas PARIS

G7 pede para Rússia cessar suas 'provocações' na Ucrânia (comunicado)


12/04/2021 18:02 - atualizado 12/04/2021 18:03

Os ministros das Relações Exteriores do G7 pediram nesta segunda-feira (12) à Rússia para cessar suas "provocações" e se comprometer com uma "desescalada" nas fronteiras da Ucrânia, onde concentrou suas tropas.

"Pedimos à Rússia para pôr um fim a suas provocações e proceder de imediato a uma desescalada das tensões conforme suas obrigações internacionais", declararam em um comunicado comum.

"Estas movimentações de tropas em larga escala ocorrem sem notificação prévia, constituem uma ameaça e um fator de desestabilização", destacaram.

Também pediram à Rússia "transparência sobre movimentos militares" como tinha se comprometido com a Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE).

Reiteraram, ainda, seu "apoio inquebrantável à independência, soberania e à integridade territorial da Ucrânia em suas fronteiras internacionalmente reconhecidas" e saudaram "a prudência da Ucrânia" nas novas tensões.

A Ucrânia, que teme que a Rússia busque um pretexto para atacar, a acusa de reunir mais de 80.000 soldados perto de sua fronteira leste e na Crimeia, anexada por este país em 2014.

Segundo a Ucrânia, os separatistas pró-russos contam com 28.000 combatentes e mais de 2.000 conselheiros e instrutores militares russos no território, que controlam desde 2014 no leste do país.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade