Publicidade

Estado de Minas LOS ANGELES

Governo da Califórnia planeja reabrir totalmente o estado em meados de junho


06/04/2021 18:06

A Califórnia reabrirá totalmente sua economia em 15 de junho se o ritmo atual de vacinação continuar, levantando todas as restrições relacionadas à pandemia nas empresas, disse o governador Gavin Newsom na terça-feira (6).

O estado mais populoso dos Estados Unidos administrou 20 milhões de doses de vacinas anticovid e novas infecções continuam baixas após um rápido declínio desde janeiro.

Diante dessa situação, o estado encerrará seu plano de reabertura em camadas, desde que não haja picos de infecção por coronavírus ou escassez no fornecimento de vacinas, disse Newsom em entrevista coletiva.

"Podemos dizer com segurança que até 15 de junho poderemos começar a abrir, como sempre, sujeitos ao uso de máscaras e vigilância constante", afirmou.

Todos os negócios estarão livres para reabrir e os californianos serão incentivados a seguir "medidas de redução de risco com bom senso". Por exemplo, eventos internos de grande escala, como convenções, serão permitidos com requisitos de teste ou verificação de vacinação.

As mudanças serão implementadas simultaneamente em todo o estado de 40 milhões de pessoas, que representa a maior economia da América.

"Agora podemos começar a planejar nossas vidas após a pandemia ... a luz no fim deste túnel nunca foi tão brilhante", ressaltou Newsom em um comunicado separado.

No entanto, o estado manterá "a opção de revisar a data de 15 de junho se necessário" e monitorará a eficácia da vacina contra variantes do vírus.

A Califórnia, o primeiro estado do país a emitir uma ordem geral de permanência em casa em março passado, foi amplamente elogiada por seu tratamento precoce da pandemia.

No inverno boreal, sofreu um forte pico de covid-19 e se tornou um dos epicentros em todo o país, mas experimentou um declínio acentuado nas infecções desde meados de janeiro.

Nas últimas semanas, os casos permaneceram baixos, embora tenham aumentado em outras partes dos Estados Unidos, e Newsom está sob pressão para reabrir a economia e também enfrenta uma possível eleição após uma petição para removê-lo, motivada em parte por sua gestão da pandemia.

"A Califórnia fez um progresso incrível no controle da disseminação da covid-19 ficando em casa, usando máscara e administrando vacinas rapidamente a californianos em todos os cantos do estado, incluindo as comunidades mais atingidas por esta pandemia", disse o secretário de Saúde da Califórnia, Mark Ghaly.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade