Publicidade

Estado de Minas CARACAS

Maduro pede ajuda para desativar campos minados na fronteira com a Colômbia

'Defesas' teriam sido instaladas por grupos irregulares na fronteira com a Colômbia, onde confrontos estão sendo travados desde o final de março


04/04/2021 20:42 - atualizado 04/04/2021 21:02

Jorge Arreaza é ministro das Relações Exteriores da Venezuela(foto: AFP / Yuri CORTEZ )
Jorge Arreaza é ministro das Relações Exteriores da Venezuela (foto: AFP / Yuri CORTEZ )
A Venezuela vai pedir "ajuda imediata" à Organização das Nações Unidas (ONU) para "desativar os campos minados" que grupos irregulares plantaram, segundo Caracas, na fronteira com a Colômbia, onde confrontos estão sendo travados desde o final de março, anunciou o presidente venezuelano, Nicolás Maduro.

O ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, "dirige um comunicado ao secretário-geral Antonio Guterres das Nações Unidas para solicitar ajuda emergencial imediata ao sistema das Nações Unidas para que tragam todas as técnicas para desativar os campos minados deixados por esses grupos irregulares de assassinos e traficantes de drogas vindos da Colômbia", disse Maduro em um discurso televisionado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade