Publicidade

Estado de Minas HAVANA

Embaixada dos EUA alerta cubanos sobre riscos de migração ilegal


03/04/2021 14:32

A embaixada dos Estados Unidos em Havana alertou os cubanos que entrar no mar em barcos precários é "extremamente perigoso", após relatar um "pequeno aumento" nas operações de migração ilegal por essa rota da ilha.

"O governo dos Estados Unidos alerta que pular no mar com essas embarcações inadequadas é ilegal e extremamente perigoso", disse o tenente-comandante Mario Gil, que se identifica como um contato da Guarda Costeira na embaixada de Washington.

Em sua mensagem em espanhol, divulgada sexta-feira à noite pela legação diplomática no Twitter, Gil enfatiza que "nos últimos meses houve um ligeiro aumento nos casos de migração marítima ilegal", e pede aos cubanos "que usem as estradas legais, seguras e ordeiras que existem para emigrar para os Estados Unidos".

"Proteja seus entes queridos, evite a migração ilegal", ele pede.

Seu chamado chega quase um mês depois que as autoridades cubanas relataram o naufrágio de um barc perto das Bahamas, com um morto, vários desaparecidos, incluindo mulheres e crianças, e 12 sobreviventes.

Em nota sobre o fato, datada de 11 de março, a chancelaria da ilha destacou que "entre os fatores que constituem incentivos à migração irregular está a suspensão do processamento e da concessão de vistos (...) no Consulado dos Estados Unidos em Havana e a transferência desses procedimentos para países terceiros".

Também menciona a violação do compromisso dos Estados Unidos de garantir a migração legal de Cuba de um mínimo de 20.000 cubanos por ano.

Mais de 100 imigrantes cubanos foram interceptados no mar desde outubro passado, tentando cruzar o estreito da Flórida para chegar aos Estados Unidos, disse a Guarda Costeira dos EUA em fevereiro.

Twitter


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade