Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Banco do Japão não deve abordar diretamente questões ambientais neste momento


30/03/2021 03:08

O Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) não deve abordar diretamente questões ambientais, como mudança climática ou energia renovável, pelo menos neste momento, segundo o presidente da entidade, Haruhiko Kuroda.

"A postura básica do banco é de apoiar os esforços de promoção de mudanças econômicas por meio de condições monetárias acomodatícias", disse Kuroda, respondendo a uma pergunta em um evento online.

No evento, um economista havia citado o exemplo do Banco Central Europeu (BCE), que recentemente decidiu investir em um fundo de títulos verdes lançado pelo Banco de Compensações Internacionais.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade