Publicidade

Estado de Minas SINGAPURA

Cidades do mundo todo apagam as luzes em prol da Hora do Planeta


27/03/2021 16:52

Cidades do mundo todo apagam suas luzes neste sábado (27), simbolizando a Hora do Planeta, que, este ano, coloca em evidência a destruição da natureza e os crescentes surtos de covid-19.

Às 20h30 locais, o horizonte das metrópoles asiáticas, desde Cingapura até Hong Kong, escureceu, assim como em otros locais emblemáticos, como a Ópera de Sidney.

O evento anual chama a atenção para as mudanças climáticas e o meio ambiente. Este ano, os organizadores disseram que queriam destacar a relação entre a destruição do mundo natural e a incidência crescente de doenças -como a covid-19 - que passam de animais para seres humanos.

Os especialistas acreditam que a atividade humana, como o desmatamento generalizado, a destruição dos habitats dos animais e as mudanças climáticas, estimulam esse aumento, e alertaram que podem ocorrer mais pandemias caso algumas medidas não sejam tomadas.

"Seja devido ao derretimento dos polos, à redução dos peixes no oceano e nos rios, ao desmatamento das florestas ou à perda generalizada da biodiversidade, a evidência de que a natureza está em queda livre está aumentando", disse Marco Lambertini, CEO da WWF, que organiza a Hora do Planeta. "Isso se deve à forma como vivemos nossas vidas e dirigimos nossas economias. Proteger a natureza é nossa responsabilidade moral, mas perdê-la também aumentará a nossa vulnerabilidade às pandemias, acelera as mudanças climáticas e ameaça a nossa segurança alimentar", alertou.

Em Hong Kong, os habitantes assistiram dos decks de observação da cidade às luzes dos arranha-céus diminuírem, enquanto na capital sul-coreana, Seul, o histórico Portão de Namdaemun foi escurecido.

Outros lugares simbólicos que apagarão as luzes para comemorar a Hora do Planeta incluem a Torre Eiffel, na França, o Coliseu de Roma e o Portão de Brandemburgo, em Berlim, de acordo com os organizadores.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade