Publicidade

Estado de Minas PEQUIM

Ataque com bomba de fabricação caseira mata quatro em prédio público na China


23/03/2021 07:23

Quatro pessoas morreram em um atentado com uma bomba de fabricação caseira contra um edifício administrativo no sul da China, um fato incomum no país, informaram as autoridades.

O homem que colocou o artefato de fabricação caseira, que tinha 59 anos, também morreu na explosão, segundo a polícia. O ataque deixou cinco feridos.

A explosão aconteceu na segunda-feira em Mingjing, localidade de 3.000 habitantes próxima de Cantão, onde há um projeto de urbanismo que implicará expropriações.

Um vídeo publicado no site de notícias Jiemian mostra um escritório destruído pela explosão, com sangue nas paredes e pessoas no chão, inconscientes.

A imprensa local afirmou que o edifício alvo abrigava o Comitê do Povo, órgão que toma as decisões relativas à propriedade da terra e das casas.

No ano passado, as autoridades locais atribuíram 110 hectares a um promotor imobiliário de Xangai, que pretende reconstruir uma localidade antiga para atrair turistas, segundo a imprensa local.

O projeto provocará a saída de várias famílias de suas casas e a transferência para outro local. Pessoas que moram na área afirmaram que o atentado está vinculado aos problemas com as indenizações das pessoas que devem deixar suas casas.

A AFP não conseguiu confirmar as informações, mas o tema das expropriações é uma fonte constante de tensões na China entre as autoridades e os cidadãos.

Entre 2005 e 2015, o país registrou de um a cinco milhões de agricultores expropriados por ano, muitos sem receber indenizações, segundo um estudo da Universidade de Hong Kong.

Weibo


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade