Publicidade

Estado de Minas LONDRES

Diretor de fundo especulativo britânico ganha US$ 479 milhões em 2020


01/03/2021 17:18

O diretor do fundo especulativo britânico TCI, Christopher Hohn, obteve dividendos de quase 500 milhões de dólares em 2020, uma remuneração recorde no Reino Unido, graças a uma disparada de benefícios de sua empresa.

Hohn, que dirige a The Children's Investment Fund (TCI), fundo do qual é 100% proprietário, afirma ter reinvestido grande parte deste montante, segundo um documento publicado no registro mercantil no fim de semana passado.

A remuneração de 479 milhões de dólares, correspondente ao ano fiscal encerrado em março, é a mais alta já paga a uma pessoa no Reino Unido, segundo o jornal The Guardian, que publicou a informação nesta segunda-feira (1).

A quantia corresponde a 9.000 vezes o salário médio britânico.

Hohn superou, assim, o recorde de Denise Coates, fundadora do site de apostas online Bet365, que em 2018 embolsou 323 milhões de libras (450 milhões de dólares) em salários e dividendos.

O diretor do TCI tinha recebido 261 milhões de dólares no ano anterior, mas seu rendimento melhorou significativamente em um ano e por isso o aporte de dividendos disparou.

O benefício sem impostos do fundo passou de 420 milhões de dólares em 2018-2019 a US$ 695 milhões em 2019-2020.

Criado em 2003, o TCI, que administrou 30 bilhões de dólares em ativos em 2019, fez fama como investidor ativista ao tomar participações minoritárias em muitas empresas com a ideia de poder influir em sua estratégia.

No fim de 2019, o TCI tinha ameaçado várias multinacionais das quais é acionista, como a Airbus, em obstruir os conselhos de administração que não fizessem o suficiente para reduzir suas emissões de CO2.

O fundo tem sede no sofisticado bairro londrino de Mayfair, mas sua sociedade controladora, de propriedade de Hohn, está registrada nas Ilhas Cayman, um território britânico considerado um paraíso fiscal.

Este executivo é um dos mais importantes mecenas do Reino Unido. Em 2019, ele aportou 386 milhões de dólares à sua fundação e doou 50.000 libras ao movimento ambientalista Extinction Rebellion.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade