Publicidade

Estado de Minas RIO DE JANEIRO

As principais verificações da AFP nesta semana


26/02/2021 09:45

Veja a seguir a seleção das principais verificações da AFP nesta semana:

1 - MAIS DEMISSÕES NA PETROBRAS?

Publicações compartilhadas milhares de vezes em redes sociais desde 22 de fevereiro asseguram que a Petrobras demitiu "mais de 300 funcionários ligados a José Dirceu", ex-ministro petista, após o presidente Jair Bolsonaro pedir a substituição do comandante da petroleira, Roberto Castello Branco. Um andar da empresa também teria sido destinado a integrantes da Polícia Federal (PF), segundo as postagens. A Petrobras negou, contudo, que tenha demitido funcionários e a PF informou não ter sido comunicada sobre qualquer cessão de servidores à companhia.

2 - DORIA: MILHÕES PARA O CARNAVAL

Publicações compartilhadas centenas de vezes em redes sociais desde meados de fevereiro asseguram que o governador do estado de São Paulo, João Doria, repassou R$ 33 milhões a escolas de samba em 2021, apesar das festividades de Carnaval terem sido canceladas devido à pandemia de covid-19. A alegação é enganosa. A transferência ao setor foi anunciada, mas pela Prefeitura da cidade de São Paulo, chefiada por Bruno Covas, e não pelo governo de Doria.

3 - GÁS E SALÁRIO MÍNIMO

Publicações que comparam o preço do botijão de gás nos governos de Lula e Bolsonaro e o valor do salário mínimo nesses períodos foram compartilhadas mais de 54,7 mil vezes nas redes sociais desde o último dia 15 de fevereiro. Mas alguns números utilizados estão defasados: por exemplo, quando o salário mínimo estava em torno de 250 reais, o botijão de gás não custava 35 reais, mas por volta de 30 reais.

4 - LEI ROUANET E ARTISTAS

Um meme compartilhado mais de 41,6 mil vezes nas redes sociais ao menos desde agosto de 2019 afirma que, através da Lei Rouanet, 15 bilhões de reais que seriam destinados a escolas e hospitais foram "torrados" por artistas, cujas fotos ilustram as postagens. Mas isso é falso. Além de algumas destas personalidades sequer constarem no portal para captação de recursos, estes não seriam diretamente retirados do orçamento público, já que a Lei Rouanet permite que empresas e pessoas físicas patrocinem produções e abatam o valor do Imposto de Renda.

5 - INCÊNDIO MINISTÉRIOS

Publicações que mostram três imagens de edifícios em chamas durante atos de protesto foram compartilhadas mais de 49,2 mil vezes nas redes sociais desde meados de fevereiro de 2021 com a afirmação de que se trata de um caso ocorrido em 2017, quando ministérios foram incendiados em Brasília. E complementa que, apesar disso, o Supremo Tribunal Federal não mandou prender ninguém. Uma das fotos, contudo, não é do mesmo caso e oito pessoas envolvidas na ação foram detidas.

6 - MISSIONÁRIOS ILESOS

Publicações que mostram um conjunto de fotos de um avião acidentado e afirmam que um grupo de missionários sobreviveu à queda da aeronave foram compartilhadas mais de 42,8 mil vezes nas redes sociais desde o último dia 20 de fevereiro. O acidente ocorreu em maio de 2018 em Honduras, mas o avião particular levava membros de uma empresa texana, sem relação com qualquer missão religiosa, e, de acordo com um dos passageiros, houve ferimentos graves.

7 - POSTURA SUBSTITUI RESPIRADORES

Publicações compartilhadas mais de 95 mil vezes em redes sociais desde dezembro de 2020 asseguram que uma técnica conhecida como drenagem postural pode substituir a ventilação mecânica em pacientes com covid-19. Especialistas indicaram à AFP, contudo, que este método não é utilizado contra o novo coronavírus. Um procedimento semelhante, por outro lado, tem sido aplicado para tratar a doença, mas mesmo este não substitui o uso de respiradores, explicaram.

cb/


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade