Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Italiano que vive em Miami e BH toma vacina e comemora: 'Não doeu nada'

Luca Di Torrice ficou surpreso ao saber que no Brasil alguns maus profissionais de saúde estão injetando a 'vacina de vento'


19/02/2021 19:15 - atualizado 19/02/2021 19:30

(foto: Reprodução)
(foto: Reprodução)
Feliz de ter se vacinado nesta sexta-feira (19/2), o italiano Luca Di Torrice, de 70 anos, divide sua residência entre Miami, onde mora há 25 anos, e Belo Horizonte. Atualmente nos Estados Unidos, ele tomou a primeira dose da vacina da Pfizer. 

O italiano, que tem empresa em BH, diz que não sentiu dor e já está se programando para tomar a segunda dose da vacina. "Não senti nada, foi super organizado, no formato drive thru", comentou.
Luca ficou surpreso quando o repórter Jaeci Carvalho contou a ele sobre as "vacinas de vento". O golpe, registrado em algumas cidades brasileiras, envolve os profissionais de saúde que "fingem" injetar o líquido da vacina no braço das pessoas. 

Ao ser informado, ele se assustou. "Não acredito!". O italiano receberá a segunda dose da vacina no dia 12 de março.  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade