Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Frio mata 38 nos EUA, e senador do Texas vai para Cancún


19/02/2021 08:05

Pelo menos 38 pessoas já morreram nos EUA em razão de fortes nevascas que atingem o sul e a região central do país, principalmente o Texas, um dos Estados mais afetados pelo frio extremo. Mas o que chamou a atenção nesta quinta-feira, 18, foi a decisão do senador Ted Cruz, de viajar de férias para Cancún no meio da crise.

Cruz, que foi candidato nas primárias presidenciais do Partido Republicano, em 2016, é um fiel aliado do ex-presidente Donald Trump. Ele foi flagrado por eleitores no embarque e dentro do avião a caminho do México. Depois de muitas críticas, ele admitiu que viajou. "Com as aulas canceladas durante a semana, nossas meninas pediram para fazer uma viagem com amigos. Querendo ser um bom pai, voei com eles ontem à noite e estou voltando esta tarde (ontem)", disse o senador.

Eleitores, políticos e meios de comunicação não perdoaram o senador. Em dezembro, Cruz havia criticado o prefeito de Austin, Steve Adler, por ter voado para Cabo San Lucas durante a pandemia. "Hipócritas", disse o republicano na ocasião.

Nos últimos dias, a temperatura no Texas chegou a -10ºC, bem diferente dos 30ºC registrados ontem em Cancún. Depois de ficarem dias sem eletricidade e água, os serviços começaram a ser normalizados ontem no Estado. No entanto, em Houston, a quarta maior cidade americana, mais de um milhão de pessoas ainda estão sem água. As concessionárias de abastecimento estão com seus poços congelados e estações de tratamento funcionando em ritmo lento.

O presidente, Joe Biden, decretou ontem estado de emergência no Texas e em Oklahoma. "Autorizei a Fema (Agência Federal de Gestão de Emergências) a fornecer geradores e suprimentos e estou pronto para atender a solicitações adicionais", escreveu Biden no Twitter.

As tempestades também deixaram mais de 320 mil residências e empresas sem energia em Louisiana, Mississippi e Alabama. Cerca de 70 mil interrupções de energia foram reportadas após uma tempestade de gelo em Kentucky. Na Virgínia Ocidental, quase 67 mil ficaram sem luz. (COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS)
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade