Publicidade

Estado de Minas PARIS

Agência de classificação financeira S&P rebaixa petroleiras Total e Shell


18/02/2021 20:02

A agência de classificação financeira S&P; Global Ratings anunciou nesta quinta-feira (18) o rebaixamento das petroleiras Total e Royal Dutch Shell, por considerar que os riscos para o setor aumentaram em função da transição energética e das mudanças climáticas.

Na semana passada, a agência rebaixou as notas das petroleiras ExxonMobil, Chevron e ConocoPhillips.

A Total passou de "A+" para "A" e a Royal Dutch Shell de "AA-" para "A+". Segundo a organização, há "riscos de longo prazo para a lucratividade da indústria de petróleo e gás, em paralelo aos desafios da transição energética".

No caso da Total, a S&P; destaca que o grupo, que desde a semana passada se chama TotalEnergies, "transforma suas atividades para enfrentar esses desafios" e tem "a capacidade instalada de energia renovável mais relevante, em relação a seus pares".

"No entanto, continua fortemente exposta, já que o petróleo e o gás devem continuar sendo a principal fonte de liquidez até 2050", acrescenta a agência.

A Total registrou um prejuízo líquido de 7,2 bilhões de dólares em 2020, enquanto em 2019 teve lucro de 11,2 bilhões.

Já a Shell, que também iniciou uma mudança em direção às energias renováveis, teve prejuízo de 21,7 bilhões de dólares no ano passado.

TOTAL

EXXONMOBIL

CONOCOPHILLIPS

CHEVRON

ROYAL DUTCH SHELL PLC


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade