Publicidade

Estado de Minas BUENOS AIRES

Argentina tem mais de 50.000 mortos por covid-19


12/02/2021 21:12

A Argentina ultrapassou 50.000 mortes por covid-19 nesta sexta-feira (12), com mais de dois milhões de infecções, enquanto avança sua campanha de vacinação.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 155 novos óbitos, elevando o número de óbitos para 50.029, segundo o Ministério da Saúde.

O último relatório oficial revelou 7.151 novas infecções, elevando os casos positivos para 2.015.496 em um país de 45 milhões de habitantes.

O governo esperava o pouso de um avião da estatal Aerolineas Argentinas com 400 mil doses da vacina Sputnik V, do instituto russo Gamaleya, para a noite desta sexta-feira.

Em voos anteriores, os aviões transportaram 820 mil doses do Sputnik V da Rússia, o único imunizante disponível por enquanto no plano de vacinação.

A campanha do governo inclui a compra de 62 milhões de doses de diferentes laboratórios, segundo afirmou o ministro da Saúde, Ginés González García, a comissões do Congresso.

Na próxima semana, está prevista a chegada de 580.000 doses da vacina Covishield, do laboratório indiano Serum Institute.

González García afirmou que os acordos incluem 30 milhões de doses da Sputnik V, cerca de 23 milhões da vacina Oxford / AstraZeneca e nove milhões por meio do mecanismo de cooperação internacional Covax.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade