Publicidade

Estado de Minas NOVA YORK

Lenda do jazz Chick Corea morre de câncer


11/02/2021 19:45 - atualizado 11/02/2021 21:25

Chick Corea, o grande compositor americano de jazz e pioneiro do teclado elétrico, morreu em 9 de fevereiro, aos 79 anos, vítima de um câncer raro, indicou um comunicado publicado em sua página no Facebook.

"Quero agradecer a todos que, ao longo do meu caminho, ajudaram a que as chamas da música continuem queimando forte", escreveu Corea em uma mensagem que sua equipe divulgou em forma de comunicado.

"É minha esperança que aqueles que se sentirem inclinados a tocar, escrever, atuar ou algo similar, o façam. Se não for por vocês, que seja pelo resto de nós. Não só o mundo precisa de artistas, como também é muito divertido", acrescentou.

No comunicado, anunciou-se que o câncer foi descoberto "muito recentemente".

O compositor, autor de "Spain", "La Fiesta" e "500 Miles High", fazia parte de um seleto grupo de talentos ao lado de Herbie Hancock e Keith Jarrett que emergiram como alguns dos pianistas mais influentes do século XX.

"Ao longo de sua vida e carreira, Chick se deleitou com a liberdade e a diversão de criar algo novo", ressaltou o comunicado.

"Embora ele mesmo fosse o primeiro a dizer que sua música falava mais alto do que palavras", afirma o texto.

Corea disse aos seus "incríveis amigos músicos" que eram como uma família para ele, e que "havia sido uma bênção e uma honra aprender e tocar com todos".

"Minha missão sempre foi levar a alegria de criar a todos os lugares que pude, e a riqueza da minha vida foi ter sido capaz de fazer isso com todos os artistas que admiro tão profundamente", escreveu Corea.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade