Publicidade

Estado de Minas RIADE

Vitória de Biden 'ajudou' a libertar a saudita Loujain al-Hathloul, diz família


11/02/2021 14:40

Para a família da ativista feminista saudita Loujain al-Hathloul a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais dos Estados Unidos ajudou a obter sua libertação depois de quase três anos na prisão, embora acredite que ela ainda esteja longe de ser "livre".

Loujain al-Hathloul, 31 anos, foi libertada da prisão na quarta-feira.

Ela foi presa com dez outros militantes em maio de 2018, semanas antes do levantamento da proibição das sauditas de dirigir, uma reforma que as mulheres vêm defendendo há muito tempo.

"A chegada de Biden ajudou muito na libertação de minha irmã", disse Alia al-Hathloul a repórteres em uma entrevista coletiva, agradecendo ao novo presidente dos Estados Unidos, que chamou a libertação de Loujain al-Hathloul de "a coisa certa".

Durante sua campanha, Joe Biden prometeu fazer da Arábia Saudita um Estado "pária" por seus ataques aos direitos humanos, contra os quais seu antecessor Donald Trump fechou os olhos.

O reino, onde centenas de militantes, religiosos e membros da família real estão presos, acelerou os procedimentos judiciais, incluindo o julgamento de Loujain al-Hathloul, após a eleição de Biden em novembro de 2020.

A militante foi condenada no final de dezembro a cinco anos e oito meses de prisão ao abrigo da lei "antiterrorista", pena acompanhada de condicionalidade, que a libertou rapidamente.

Ele está em liberdade condicional por três anos e não pode deixar a Arábia Saudita por cinco anos, segundo seus parentes, que denunciaram um processo "vazio" e "político".

Sua família, especialmente suas duas irmãs que moram no exterior, fizeram campanha internacional para sua libertação.

Segundo seus parentes, Loujain al-Hathloul foi torturada e assediada sexualmente na prisão, acusações negadas pelas autoridades, que não comentaram sobre sua libertação.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade