Publicidade

Estado de Minas DAR ES SALAAM

Presidente da Tanzânia acredita que vacinas contra a covid-19 são 'perigosas'


27/01/2021 17:49

O presidente da Tanzânia, John Magufuli, que assegura que Deus salvou seu país do novo coronavírus, atacou nesta quarta-feira (27) as vacinas contra a covid-19, as quais considera "perigosas".

Magufuli, que foi reeleito no ano passado em eleições disputadas, advertiu seu ministro da Saúde a não se precipitar a comprar os imunizantes.

"Temos que ser muito prudentes com estas vacinas importadas", disse em um discurso televisionado.

"Se esta gente foi capaz de descobrir vacinas contra o coronavírus, também deveriam haver outras para a malária, o câncer, a tuberculose e o HIV", disse.

"Estas vacinas são perigosas para a nossa saúde e o Ministério da Saúde não deveria se precipitar", acrescentou.

Magufuli preconiza orações no lugar das máscaras. Seu governo decidiu interromper a publicação de estatísticas sobre a pandemia em abril, quando país registrou 509 casos e 16 mortes.

Na semana passada, o Reino Unido decidiu suspender todos os voos da Tanzânia, diante do temor de propagação da variante sul-africana da covid-19, altamente contagiosa.

A Igreja Católica tanzaniana recomendou aos fiéis que tomem precauções ante uma possível nova onda da pandemia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade