Publicidade

Estado de Minas MOSCOU

Rússia acusa EUA de 'ingerência' em protestos pela liberdade de Navalny


24/01/2021 09:05

A Rússia acusou os Estados Unidos, neste domingo (24), de "ingerência" e denunciou um comunicado da embaixada americana em Moscou publicado ontem sobre as manifestações a favor da soltura do opositor russo Alexei Navalny.

Em sua página na Internet, a embaixada dos Estados Unidos publicou um comunicado com a lista dos lugares de manifestação de sábado, pedindo aos americanos que não comparecessem.

Esse comunicado "constitui, indiretamente, uma ingerência absoluta em nossos assuntos internos", declarou neste domingo o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, citado pela agência de notícias Interfax.

Se a embaixada russa tivesse agido da mesma maneira durante os distúrbios nos Estados Unidos, "isso certamente teria causado algum tipo de mal-estar em Washington", acrescentou.

O Ministério russo das Relações Exteriores já havia denunciado o comportamento da missão diplomática norte-americana, especificando em um comunicado que seus representantes seriam convocados para uma "conversa séria".

Os Estados Unidos condenaram no sábado o uso de "táticas duras" por parte de Moscou contra "manifestantes e jornalistas" que foram às ruas protestar, atendendo à convocação de Navalny.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade