Publicidade

Estado de Minas NAÇÕES UNIDAS

Chefe da ONU pede a Biden que proponha metas climáticas 'ambiciosas'


20/01/2021 21:08 - atualizado 20/01/2021 21:43

O secretário-geral da ONU, António Guterres, saudou nesta quarta-feira (20) a decisão do presidente Joe Biden de reincorporar os Estados Unidos ao Acordo de Paris sobre o clima, mas pediu-lhe para adotar um plano "ambicioso" para combater o aquecimento global.

"Acolho calorosamente os passos do presidente Biden de reentrar ao Acordo de Paris sobre as Mudanças Climáticas e se somar à crescente coalizão de governos, cidades, estados, empresas e gente para empreender ações ambiciosas para enfrentar a crise", disse.

"Esperamos a liderança dos Estados Unidos na aceleração do esforço mundial para um zero líquido [nas emissões de carbono], inclusive apresentado uma nova contribuição nacional com metas ambiciosas para 2030 e financiamento climático antes da COP26, em Glasgow, no final deste ano", acrescentou.

Guterres enfatizou que a crise climática "continua piorando e se esgota o tempo para reduzir a 1,5 graus Celsius o aumento da temperatura e construir sociedades mais resilientes ao clima que ajudem a proteger os mais vulneráveis".

Em uma declaração em separado, o secretário-geral da ONU cumprimentou Biden por ter reincorporado os Estados Unidos à Organização Mundial da Saúde (OMS) em uma de suas primeiras decisões como presidente.

O apoio à OMS é chave para coordenar a luta mundial contra a pandemia de covid-19, disse Guterres.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade