Publicidade

Estado de Minas

França pretende iniciar campanha de vacinação 'na última semana de dezembro'


16/12/2020 16:00

A campanha de vacinação contra o coronavírus na França começará "na última semana de dezembro", "se as condições permitirem", disse o primeiro-ministro Jean Castex nesta quarta-feira (16).

Castex condicionou o lançamento da campanha à autorização de comercialização da vacina por parte da Agência Europeia de Medicamentos "prevista para 21 de dezembro" e à recomendação da Alta Autoridade Francesa de Saúde, esperada para pouco depois.

Esta "primeira fase" relativa às pessoas em situação de risco "se estenderá por um período de seis a oito semanas, para levar em consideração o período de 21 dias entre a primeira vacinação e o reforço", acrescentou Castex, que apresentou a estratégia do governo francês aos deputados.

Em uma segunda etapa, a vacina será oferecida a "cerca de 14 milhões de pessoas que apresentam um fator de risco vinculado à idade ou uma doença crônica, assim como a determinados profissionais da saúde", continuou.

O restante da população poderá ser vacinada em uma "terceira etapa", "no final da primavera".

O primeiro-ministro destacou que "o início da campanha de vacinação não marcará o fim da epidemia" e que, portanto, não se deve baixar a guarda.

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, declarou nesta quarta-feira que os 27 países da União Europeia começarão "no mesmo dia" suas campanhas de vacinação contra a covid-19, em um sinal de unidade, mas não forneceu uma data.

As normas europeias permitem que os países adotem individualmente decisões sobre o início de campanhas de vacinação, mas a UE prefere uma ação unificada para evitar que algumas regiões fiquem atrás.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade