Publicidade

Estado de Minas

Honduras buscará ajuda em Washington para reconstrução após ciclones


02/12/2020 21:25

O presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández, viajou a Washington nesta quarta-feira (2) para buscar ajuda urgente para a reconstrução de seu país, devastado pela passagem dos ciclones Eta e Iota no início de novembro.

Em seus esforços, o presidente "enfatizará a necessidade urgente de apoio internacional para continuar com o processo de reconstrução social e econômica sustentável", disse um comunicado presidencial.

Honduras foi atingida na primeira quinzena de novembro pelos dois ciclones que passaram sobre o norte do vale do Sula, pilar da economia do país. A região, que contribui com cerca de dois terços do Produto Interno Bruto (PIB), já enfrentava os efeitos dos confinamentos pela pandemia de covid-19.

A agenda de Hernández inclui encontros com autoridades do Banco Mundial, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Fundo Monetário Internacional (FMI).

Os bancos multilaterais anunciaram uma ajuda "histórica" para Honduras, Nicarágua e El Salvador, que também sofreram danos com os furacões que deixaram quase 200 mortos na região.

Hernández nomeou uma equipe com 13 pessoas de diferentes tendências políticas em um conselho consultivo que acompanhará o chamado Plano de Reconstrução Nacional.

De acordo com fontes do Ministério das Relações Exteriores, Hernández poderia tentar a renovação do Status de Proteção Temporária (TPS) que expira em 4 de janeiro, depois que o governo Donald Trump ordenou seu cancelamento.

O TPS, que concede autorizações de trabalho a cerca de 44.000 hondurenhos, foi outorgado pelos Estados Unidos em 1999, após a destruição causada pelo furacão Mitch em Honduras no ano de 1998.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade