Publicidade

Estado de Minas

Jornalista mexicano é assassinado na fronteira com os EUA, o sexto em 2020


30/10/2020 22:06

Um jornalista mexicano e apresentador de um programa informativo foi morto a tiros na noite de quinta-feira na cidade mexicana de Ciudad Juárez, próxima à fronteira com os Estados Unidos, informou nesta sexta (30) o governador de Chihuahua, Javier Corral.

"Lamento e condeno o covarde assassinato" de Arturo Alba Medina, escreveu no Twitter o governador, assegurando que "justiça será feita".

O apresentador do Telediario da Multimídia Televisão, de 49 anos, foi morto "minutos depois de concluir seu programa informativo", denunciou a organização Repórteres sem Fronteiras (RSF), que contabiliza seis jornalistas assassinados este ano no México.

O corpo do jornalista foi encontrado dentro de um veículo com 11 cartuchos deflagrados, reportou a imprensa local.

No último informativo que Media apresentou, os temas foram a corrupção nas corporações da polícia regional, o assassinato de uma menor praticado supostamente por agentes do Estado e confrontos entre narcotraficantes, acrescentaram informes da imprensa local.

Antes dele, foi assassinado no México Julio Valdivia, do jornal El Mundo de Veracruz. Seu corpo foi encontrado decapitado em 9 de setembro nesta região do leste do país.

Em 2019, foram mortos no México 10 jornalistas, segundo aa RSF.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade