Publicidade

Estado de Minas

Chile vai desinfetar com nanopartículas de cobre locais de votação para plebiscito


21/10/2020 19:07

O Chile irá desinfetar com nanopartículas de cobre 49 locais de votação no centro de Santiago onde, no próximo domingo, irá acontecer um plebiscito sobre a Constituição, anunciou o governo nesta quarta-feira.

Serão higienizadas mais de mil mesas de votação, que receberão 337.288 eleitores da comuna de Santiago, segundo o governo.

As partículas de cobre, do qual o Chile é o maior produtor mundial, mostraram-se muito eficazes na eliminação de bactérias e vírus, entre eles o da Covid-19. Ao contrário do plástico ou aço inoxidável, onde o novo coronavírus pode permanecer por dois a três dias, em superfícies de cobre o mesmo se desintegra em quatro horas, segundo estudos realizados por universidades americanas.

"Foram feitos estudos com diferentes materiais e o cobre é onde o coronavírus e outros organismos não resistem por muito tempo, o que é muito importante para a segurança" do eleitor, explicou o ministro da Saúde, Enrique Paris, durante a apresentação da medida, em um dos locais de votação.

A medida será aplicada graças à doação dos produtos por empresas produtoras. Além da higienização anterior ao domingo, serão disponibilizados nos locais de votação álcool em gel e malhas de cobre para forrar as superfícies onde os eleitores irão se apoiar.

O Chile, que tem 18 milhões de habitantes, registra quase 500 mil casos de Covid-19 e 13.719 mortos pela doença. O plebiscito, que será realizado em todo o país, irá decidir se haverá mudança na Constituição, herdada da ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade