Publicidade

Estado de Minas

Chelsea inscreve o aposentado Cech como 'goleiro de emergência'


20/10/2020 22:31

O ex-goleiro Petr Cech pode ter que deixar a aposentadoria, iniciada em 2019, caso o Chelsea precise de seus serviços para defender o gol da equipe no Campeonato Inglês, anunciou nesta terça-feira o time de Londres.

"Petr Cech foi incluído na equipe como goleiro substituto de emergência", caso os outros três responsáveis pela função no elenco fiquem afastados por motivo de doença, informou a diretoria do clube da Inglaterra, que conta para esta posição com o espanhol Kepa Arrizabalaga, o argentino Willy Caballero e o senegalês Edouard Mendy.

"É uma medida de precaução devido às condições sem precedentes atualmente causadas pela crise covid-19", especificou o 'Blues' ao relacionar Cech, de 38 anos, que atualmente exerce funções de gestão técnica na equipe londrina, acrescentando que "ele ocupa uma posição de jogador não contratual".

Quem teve que recorrer recentemente a uma medida semelhante foi a seleção da Ucrânia, que ficou sem seus três goleiros por terem testado positivo para coronavírus e acabou escalando seu preparador de goleiros, Oleksandr Shovkosvkiy, para um amistoso com a França.

"É evidente que este recurso é devido à pandemia, já que vimos como os jogadores com resultado positivo devem ficar isolados. Havia espaço na lista e eu era uma opção em caso de emergência. Em qualquer caso, esperamos que não seja necessário", declarou Cech, cuja última partida oficial foi a final da Liga Europa de 2019, na qual o Chelsea enfrentou o Arsenal.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade