Publicidade

Estado de Minas

'Há esperança' afirma diretor-geral da OMS sobre vacina contra COVID-19 até o fim do ano

Declaração foi feita ao final da reunião de cúpula da agência. Diretor, no entanto, não especificou qual dos imunizantes em fase de teste poderia ter sua eficácia comprovada


06/10/2020 11:53 - atualizado 06/10/2020 12:25

(foto: Fabrice Coffrini/AFP)
(foto: Fabrice Coffrini/AFP)
O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou na manhã desta terça-feira (6), que há esperança de que uma vacina contra um COVID-19 possa ficar pronta até o final deste ano. 

A declaração foi feita ao final da reunião de cúpula da agência, que tratou da reforma da OMS. Tedros, no entanto, não especificou qual dos imunizantes em fase de teste no mundo poderia ter sua eficácia comprovada contra a COVID-19 mais rapidamente. 

“Nós precisamos de vacinas. E há a esperança de que tenhamos uma até o fim deste ano. Há esperança”, disse.

Covax e aceleração da fabricação das vacinas

O governo brasileiro manifestou em julho o interesse em participar do programa de cooperação Covax Facility — co-liderado pela Aliança Global para Vacinas e Imunização (GAVI, em inglês), Coalition for Epidemic Preparedness Innovations (CEPI) e Organização Mundial da Saúde (OMS) —, que tem como objetivo acelerar a fabricação de vacinas contra a COVID-19 e garantir o acesso igualitário do imunizante.  A aliança projeta distribuir 2 bilhões de doses até o fim do próximo ano. Segundo a OMS, o Covax tem 9 vacinas de seu portfólio em testes.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade