Publicidade

Estado de Minas

Cardeal influente do Vaticano renuncia misteriosamente


24/09/2020 18:38

Um dos cardeais mais influentes do Vaticano, o italiano Angelo Becciu, renunciou nesta quinta-feira misteriosamente a seu cargo na Santa Sé, que não explicou o ocorrido.

"O Santo Padre aceitou a renúncia ao cargo de Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos e a seus direitos vinculados ao cardinalato apresentada por Vossa Eminência, o cardeal Giovanni Angelo Becciu", anunciou na noite de hoje a Santa Sé.

Após uma carreira de núncio (embaixador), o prelado italiano havia servido por sete anos como substituto da Secretaria de Estado, o equivalente a um "ministério do Interior", em contato constante com o Papa Bento XVI e, posteriormente, o Papa Francisco.

Recém-ordenado cardeal no verão local de 2018 pelo Papa Francisco, Angelo Becciu tomou as rédeas da administração da Santa Sé encarregada de investigar e decidir sobre as beatificações e canonizações.

A renúncia de Becciu aos 72 anos, prematura segundo os costumes da Igreja, parece uma punição. O curto comunicado divulgado pelo Vaticano assinala que Becciu continua como cardeal, mas perde todos os direitos vinculados a esta função, principalmente a possibilidade de eleger um novo Papa durante um conclave ou assessorar o atual pontífice.

O nome do cardeal foi citado em diversas ocasiões dentro de uma investigação, lançada há um ano, sobre acordos financeiros para a compra de um imóvel em um bairro londrino de alto padrão. O processo de compra começou em 2014, quando Becciu ainda ocupava a Secretaria de Estado, administração central da Santa Sé que decidiu fazer o investimento.

No começo do ano, o cardeal defendeu em entrevistas a validade da compra imobiliária.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade