Publicidade

Estado de Minas

Reino Unido envia aos EUA evidências para processar os 'Beatles' do EI


22/09/2020 14:25

O Reino Unido enviou, nesta terça-feira (22), as evidências exigidas pelos Estados Unidos contra dois jihadistas do grupo Estado Islâmico conhecidos pelo nome "Beatles", que a Justiça americana se diz "determinada" a processar.

Alexanda Kotey e El Shafee el-Sheikh, que tiveram a nacionalidade britânica retirada, pertenciam a um quarteto denominado por seus reféns de "os Beatles", por causa do sotaque inglês de seus membros.

Sua equipe sequestrou jornalistas estrangeiros, torturou e decapitou alguns prisioneiros, entre eles o britânico David Haines, e o jornalista americano James Foley, morto em 2014.

Capturados em janeiro de 2018 pelas forças curdas na Síria, os dois jihadistas foram colocados sob controle do Exército americano em outubro de 2019 no Iraque, por conta da ofensiva turca no norte sírio.

A ministra britânica do Interior, Priti Patel, disse em um tuíte que está "encantada" em anunciar que as evidências solicitadas foram "finalmente transmitidas aos Estados Unidos".

"Espero sinceramente que agora as vítimas e suas famílias tenham justiça", acrescentou.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade