Publicidade

Estado de Minas

Pompeo visitará fronteira do Brasil com Venezuela em viagem pela região


15/09/2020 15:19

O chefe da diplomacia americana, Mike Pompeo, visitarpa a cidade brasileira de Boa Vista, Roraima, durante uma visita que começa na próxima quinta-feira e que inclui também o Suriname, a Guiana e a Colômbia, informou seu porta-voz nesta terça-feira.

A viagem de Pompeo pela América do Sul, onde passará de quinta-feira, 17 a domingo, 20, "destacará o compromisso dos Estados Unidos em defender a democracia e combater a covid-19 ao mesmo tempo em que revitaliza nossas economias após a pandemia e fortalece a segurança diante das ameaças regionais", disse em comunicado Morgan Ortagus, a porta-voz do Departamento de Estado.

A situação na Venezuela, mergulhada em crise política após a reeleição do presidente Nicolás Maduro será um tema muito presente na viagem.

"Em Boa Vista, Brasil, o secretário Pompeo destacará a importância do apoio dos Estados Unidos e do Brasil ao povo venezuelano", disse Ortagus em nota, anunciando que Pompeo se reunirá com migrantes venezuelanos que fogem do "desastre" causado pelo governo de Nicolás Maduro.

Pompeo também discutirá a situação na Venezuela com o presidente colombiano Iván Duque, com quem se reunirá em Bogotá para discutir a "parceria sólida" entre os dois países, segundo o Departamento de Estado.

Ortagus disse que ambos irão analisar "administrar a resposta à covid-19, promovendo a prosperidade mútua e abordando as ameaças à segurança regional representadas por traficantes de drogas, grupos terroristas e o regime ilegítimo de Maduro".

A viagem de Pompeo terá paradas no Suriname e na Guiana, onde recentemente ocorreram mudanças de governo.

Em Paramaribo, "ele celebrará o triunfo da democracia, reunindo-se com o novo presidente do Suriname, Chan Santokhi, e seu gabinete para discutir uma maior cooperação bilateral e oportunidades de parceria em energia e segurança", afirmou Ortagus.

Em Georgetown, ele "cumprimentará o recém-eleito presidente Irfaan Ali e seu gabinete" e se reunirá com o secretário-geral da Comunidade do Caribe (Caricom), Irwin LaRocque, acrescentou.

Ali, candidato pelo Partido Popular Progressista (PPP), foi declarado vencedor das eleições gerais da Guiana no início de agosto, cinco meses após as votações mais polêmicas da história dessa nação sul-americana rica em petróleo.

Ortagus disse que na Guiana Pompeo "reforçará a promessa de uma parceria americana baseada em valores que destaca oportunidades para investimentos mais responsáveis e transparentes do setor privado para aumentar a prosperidade do povo da Guiana, particularmente após a pandemia covid-19".

Pompeo encerrará sua viagem com uma escala em Plano, Texas, "para discutir as prioridades do Departamento de Estado na Igreja Batista Prestonwood", lar de uma crescente congregação de fiéis hispânicos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade