Publicidade

Estado de Minas

Trump anuncia que EUA buscará restabelecer sanções contra o Irã na ONU


19/08/2020 20:30

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira (19) que ativará um polêmico procedimento na ONU para restabelecer todas as sanções internacionais contra o Irã.

"Hoje vou pedir ao secretário de Estado, Mike Pompeo, que notifique o Conselho de Segurança da ONU que os Estados Unidos querem restabelecer todas as sanções das Nações Unidas contra o Irã que estão suspensas", anunciou Trump aos jornalistas na Casa Branca.

"Meu governo não permitirá que esta situação nuclear no Irã continue", continuou Trump, que em 2018 retirou os Estados Unidos do acordo multilateral para frear o programa nuclear iraniano.

O presidente republicano classificou o acordo de "fracasso" de política do ex-presidente Barack Obama e do vice-presidente Joe Biden, que será o adversário de Trump nas eleições presidenciais americanas de novembro.

De acordo com fontes diplomáticas, Mike Pompeo viajará até Nova York, sede da ONU, nesta quinta-feira.

Contudo, a maioria dos outros membros do Conselho de Segurança da ONU questionam se Washington tem o poder de ativar este procedimento, após Trump retirar o país do acordo.

Os Estados Unidos estabeleceram e endureceram as próprias sanções contra o Irã e, em resposta, Teerã começou a relaxar seu compromisso com os acordos assinados, aumentando seu inventário de urânio enriquecido.

Washington quer que o resto do mundo, incluindo os outros signatários do acordo (China, Rússia, França, Reino Unido e Alemanha) tentem reafirmar o compromisso restabelecendo sanções.

A diplomacia dos Estados Unidos, porém, está muito isolada e, na semana passada, fracassou na tentativa de convencer os outros países do Conselho de Segurança da ONU a prolongar o embargo de armas contra o Irã.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade