UAI
Publicidade

Estado de Minas

Ryanair reduz seus voos em 20% em setembro e outubro pela epidemia


17/08/2020 11:07

A companhia aérea irlandesa Ryanair anunciou, nesta segunda-feira (17), uma redução de 20% no número de voos nos meses de setembro e outubro, devido a uma queda das reservas causada pelo ressurgimento do coronavírus na Europa.

A Ryanair, que até agora planejava operar até um nível de 70% de sua capacidade em setembro, explica em um comunicado que não tem mais opção a não ser reduzir seus voos, especialmente para França e Espanha, dois países afetados pela quarentena decretada pelo governo britânico.

"Esta redução das capacidades e de frequência dos voos para setembro e outubro são inevitáveis devido à recente queda nas reservas causada pelas restrições decretadas em alguns países europeus" explica um porta-voz da Ryanair, citado no comunicado.

Além da Espanha e França, essa redução do número de voos envolverá principalmente a Suécia e Irlanda, que impõem quarentena aos passageiros procedentes do Reino Unido, entre outros.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade