Publicidade

Estado de Minas

Oito candidatos para quatro vagas para Lisboa na Liga dos Campeões


05/08/2020 12:25

O Real Madrid está à procura da virada, Barcelona quer salvar a temporada, o Bayern de Munique tem a tranquilidade de uma boa vantagem e o Lyon busca confirmar o que fez na partida de ida: as últimas quatro vagas para as quartas de final da Liga dos Campeões, fase que terá formato de jogo único em Lisboa (Portugal), serão decididas na sexta-feira e sábado, no retorno do torneio continental.

Após quase cinco meses de interrupção devido à pandemia de coronavírus, a maior competição interclubes do mundo está de volta. Ainda há quatro vagas em aberto para a fase seguinte do torneio continental, onde Paris Saint-Germain, Atlético de Madri, RB Leipzig e Atalanta já estão esperando, prontos para jogar na capital portuguesa em uma fase final com um novo e reduzido formato (com confrontos entre 12 e 23 de agosto).

Mas antes disso, oito equipes entrarão em campo na sexta e no sábado (todos os jogos às 16H00 de Brasília), pois seus confrontos de volta das oitavas não puderam ser disputados em março por conta da pandemia.

As partidas serão realizadas sem a presença de público nos estádios das clubes mandantes, apesar dos temores de um ressurgimento do vírus ou contágio de jogadores, como no caso de Mariano Díaz, do time de Madri.

- Manchester City-Real Madrid (ida: 2-1): Zidane quer a virada -

O Real Madrid tem pela frente um grande desafio, mas está em sua melhor forma para encará-lo.

Após conquistar por antecedência o Campeonato Espanhol, deixando o rival Barcelona na segunda posição, os merengues tem como objetivo virar o placar diante do Manchester City.

Completamente dominados em casa pelo City no encontro de ida, a equipe dirigida por Zinédine Zidane vai tentar evitar em Manchester a eliminação do torneio que venceu consecutivamente de 2016 a 2018.

Para dar um toque de emoção neste encontro, o time madrileno não poderá contar na sexta-feira com o capitão Sergio Ramos, que cumpre suspensão.

Mas Guardiola afirma que, apesar da vantagem no placar, não está nada garantido: "Quando você tem pela frente 'a equipe da década', que venceu consecutivamente três Ligas dos Campeões e tirou do Barcelona duas vezes o Espanhol (em 2017 e 2020), não é algo fácil" , declarou o técnico espanhol à plataforma digital DAZN.

- Barcelona-Napoli (ida: 1-1): risco para o Barça -

Tem sido um final de temporada difícil para Lionel Messi e seus companheiros do Barça, já que parece que o argentino não tem conseguido repetir ultimamente seu ímpeto ofensivo de outras épocas no time catalão.

A equipe de Quique Setien vai à Itália com a obrigação de eliminar o Napoli no sábado para não aprofundar sua crise nesta temporada em que se apresentou sem brilho.

A boa notícia é o retorno do francês Antoine Griezmann, recuperado de uma lesão sofrida no início de julho.

"Fizemos o essencial, ou seja, uma autocrítica entre nós, como deveríamos. Não tivemos uma grande temporada em termos de atuação e resultados. Precisamos ser mais regulares", afirmou Messi.

Mas será que autocrítica do craque argentino será suficiente para superar os napolitanos?

- Juventus-Lyon (ida: 0-1): franceses querem surpreender novamente -

Depois de quase derrotar o PSG na semana passada na final da Copa da Liga Francesa (0-0 e 6-5 nos pênaltis), o Lyon tem pela frente um desafio maior na sexta-feira.

Contra a Juventus de Cristiano Ronaldo, que foi derrotada na partida de ida por 1 a 0, o clube francês tem diante de si a oportunidade de compensar sua má participação no campeonato nacional, no qual terminou em 7º, após a sua interrupção em março devido à pandemia.

O Lyon busca o improvável título da Liga dos Campeões para poder assim evitar ficar de fora de um torneio europeu na próxima temporada, algo que não ocorre desde 1997. E conquistar a vaga paras as quartas diante da atual campeã italiana aumentaria o moral dos jogadores do treinador Rudi Garcia.

Mas o desafio não é fácil, já que a 'Juve' chega embalada pela conquista de seu nono título consecutivo no campeonato nacional, apesar de não ter brilhado na reta final da competição.

- Bayern-Chelsea (ida: 3-0): vaga decidida? -

Campeão da Alemanha pela oitava vez consecutiva, o Bayern de Munique encara com tranquilidade o jogo de volta em casa no sábado, após ter arrasado a equipe inglesa no primeiro encontro em Stamford Bridge, com direito a dois gols de Serge Gnabry.

Os bávaros querem repetir o título de 2013 na competição continental para encerrar a temporada com a "tríplice coroa", após conquistar o Campeonato Alemão e a Copa da Alemanha.

Para esta partida, o Bayern não terá o zagueiro francês Benjamin Pavard ferido. Mas a presença do atual artilheiro desta edição da Liga dos Campeões, o atacante Robert Lewandowski (11 gols), deve ser suficiente para que a equipe de Munique comece a pensar em preparar as malas para a viagem até a capital de Portugal.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade