Publicidade

Estado de Minas

Para Thiem, críticas de Kyrgios a torneio organizado por Djokovic 'não eram necessárias'


postado em 13/07/2020 14:43

O número 3 do tênis mundial, o austríaco Dominic Thiem, declarou nesta segunda-feira (13) que os tenistas devem aprender com os erros cometidos durante o Adria Tour e considerou que as críticas do australiano Nick Kyrgios ao torneio "não eram necessárias".

"Algumas opiniões, particularmente as provenientes da Austrália, não eram realmente necessárias", disse Thiem a repórteres durante um torneio de exibição em Berlim.

Thiem participou do torneio organizado pelo tenista sérvio Novak Djokovic em Belgrado, no mês passado, durante o qual o número 1 do mundo e os tenistas Grigor Dimitrov, Borna Coric e Viktor Troicki foram contaminados pela COVID-19.

Djokovic pediu desculpas por realizar a competição em seu país sem o menor cumprimento das normas de segurança e diante de milhares de espectadores.

Os jogadores se abraçaram na quadra, jogaram basquete juntos e até dançaram em uma discoteca na capital sérvia.

Thiem não contraiu o vírus, mas, como os outros que participaram do torneio, foi severamente criticado.

Um dos tenistas mais críticos nas redes sociais Nick Kyrgios, especialmente com o alemão Alexander Zverev, a quem chamou de "egoísta" depois que o alemão foi visto festejando quando prometeu se isolar por 14 dias depois de participar no Adria Tour.

Thiem e Kyrgios até trocaram insultos através das redes sociais.

"Novak e os outros não cometeram um crime, isso deve ser dito", afirmou Thiem.

"Ser criticado não foi injusto porque cometemos erros ... mas foi demais, porque as intenções (dos organizadores) eram boas," destacou

"Temos que aprender com nossos erros e prestar atenção a esta pandemia. É o que devemos lembrar sobre o Adria Tour", concluiu.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade