Publicidade

Estado de Minas

Cidade da Flórida que sediará Convenção Republicana ordena uso de máscara


postado em 29/06/2020 17:07

A cidade de Jacksonville, na Flórida, onde os republicanos celebrarão sua convenção nacional em um realizar livre do distanciamento social, anunciou o uso obrigatório de máscara em público a partir da tarde desta segunda-feira (29).

"A cidade de Jacksonville exigirá o uso obrigatório de máscaras em locais públicos e fechados, assim como em outras situações em que o distanciamento social não for possível", escreveu a prefeitura no Twitter.

Isso ocorre em um momento em que a Flórida registra grandes saltos em seus registros diários de novos casos de coronavírus e as tensões aumentam com os céticos que se negam a usar máscara em nome de suas liberdades individuais.

Há três semanas, o partido Republicano anunciou que Trump seria indicado como candidato à Presidência no final de agosto em Jacksonville, em vez de Charlotte, na Carolina del Norte, como estava previsto inicialmente.

A mudança de sede se deve ao fato de que o presidente não queria celebrar o ato com medidas de distanciamento ou em anfiteatros habilitados apenas à metade da capacidade devido à pandemia, e as autoridades de Charlotte se negaram a conceder essa exceção.

Isso levou cerca de 200 médicos da Flórida a escrever uma carta a Lenny Curry, o prefeito republicano de Jacksonville e um grande apoiador de Trump, para suspender o evento devido ao aumento exponencial de casos no estado.

A carta indica que cerca de 40.000 pessoas de todo o país são esperadas na convenção nacional republicana.

"Permitir que esse número de pessoas chegue a Jacksonville sem dúvida causará doenças, é previsivelmente prejudicial e desrespeitoso para os moradores desta cidade e para o resto do país", escreveram os médicos.

A carta também pedia ao prefeito que ordenasse o uso de máscaras. Neste aspecto, obtiveram sucesso.

Curry não comentou a mudança em relação às máscaras e não compareceu à coletiva de imprensa onde seu porta-voz fez o anúncio.

Nesta segunda-feira, o Departamento de Saúde registrou 5.266 novas infecções, cerca da metade das anunciadas nos três dias anteriores - mas com um número menor de testes realizados (41.600 na segunda-feira, em comparação com 72.100 no domingo, por exemplo).

No entanto, o percentual de novos casos sobre o total de testes permaneceu em 13,67%, praticamente a mesma proporção dos três dias anteriores, mas o triplo do registrado no início de junho.

A Flórida agora tem um total de 146.341 casos e 3.447 mortes.

- Não há ordem estadual -

Não existe uma ordem a nível estadual para o uso de máscaras, cuja regulação está nas mãos dos condados e cidades.

Muitos céticos se recusam a usar a proteção em nome de suas liberdades individuais e o governador republicano Ron DeSantis se negou a decretar a medida impopular entre seus eleitores, argumentando que é muito difícil sua imposição.

A medida foi imposta em cidades como Miami, Tampa, Orlando e Key West, mas cada localidade a adota com regulamentos diferentes e o resultado é confuso para os residentes.

A Flórida, no sudeste dos Estados Unidos, lidera, juntamente com outros estados do sul e oeste do país, um aumento alarmante na disseminação do coronavírus cerca de um mês após o início da recuperação da economia.

A venda de álcool dentro dos bares foi proibida na sexta-feira, em uma tentativa de responder ao fato de que a maioria das novas infecções se dá em adultos jovens.

Em outro esforço para conter o vírus sem encerrar uma economia altamente dependente do turismo, os prefeitos das cidades costeiras do sul da Flórida, incluindo Miami e Fort Lauderdale, anunciaram que fecharão as praias no próximo fim de semana, quando se celebra o Dia da Independência.

Vários restaurantes em Tampa, Orlando e Miami fecharam voluntariamente ao registrar casos entre seus funcionários. O aquário de Miami, o "Miami Seaquarium", anunciou nesta segunda-feira que fechará novamente depois de reabrir com capacidade limitada em 20 de junho.

receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade